(12) 3863-6154

Digite o código do imóvel desejado. Exemplo: CA0001

HistÓria das praias

Do lento mover dos grãos de areia, formou-se as mais belas praias do Litoral norte de são Sebastião:

PRAIA DA BALEIA

A Praia da Baleia é uma das maravilhas desse paraíso, o nome veio do formato da ilha a sua frente, que lembra uma Baleia.

Larga plana e de longa extensão, tem mar calmo e bom para banhos. Mas no chamado canto mágico, (do lado direito) as ondas animam os amantes do Surf.

A areia dura propicia a caminhada, corrida e as pedaladas. O principal, porem, é que a Praia da Baleia oferece tranquilidade genuína aos visitantes: com pouco comercio, o ambiente é familiar e descansa longe do burburinho.

Praia de Juquehy

A Praia de Juquehy, de origem indígena, o nome de uma das praias mais belas de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, faz jus às condições que o local oferece para uma corrida ou passeio à beira-mar.

Juquehy significa "areias cantantes" - título que recebeu devido ao som produzido pelo caminhar sobre os grãos brancos e finos presentes ao longo dos 3,5 quilômetros de extensão da praia.

Praia de Camburi

Existem duas versões para o significado do nome Camburi. Uma delas seria rio do robalo, pela quantidade de peixe robalo que sobe o rio, um dos poucos que trocam água salgada pela doce. A outra seria rio que muda, pois de tempos em tempos o rio muda sua trajetória, ora desaguando na praia de Camburi, ora na de Camburizinho.

O mar é bastante agitado, com uma coloração azul clara esverdeada. A praia é cortada pelo rio Camburi e a areia fina e branca é predominante.

Praia de Barra do Una

Com boa estrutura náutica, abrigando cinco marinas e um iate clube, é o melhor ponto de partida para passeios de barco e também para esportes náuticos. Ao lado do Rio Una, de águas escuras e mansas, a praia é longa e inclinada.

As ondas são fortes nos costões desertos e a maré é mansa na restinga ao pé do morro. Apenas duas vielas no canto esquerdo dão acesso à praia. De lá partem os passeios de barco para as ilhas próximas, boas para mergulho.

BARRA – é o encontro da água doce do rio, com a água salgada do mar do Oceano Atlântico e UNA - no tupi-guarani significa NEGRO, que representa a cor da água do rio.

Praia de Barra do Sahy

A praia ainda é uma das poucas que preserva as características de vilarejos, apesar de já ter expressivo desenvolvimento de infraestrutura e praticamente todos os estabelecimentos aceitarem cartões de crédito, inclusive supermercados.

A praia é pequena, em formato semelhante a de uma ferradura, de águas muito calmas. A foz do rio Saí forma uma lagoa que divide a praia ao meio. Do lado esquerdo está a Barra do Rio Saí, que se encontra com o mar e forma uma área de águas calmas e rasas. Do lado direito da praia, conhecido como Canto Bravo, há formação de ondas mais fortes e é possível ter acesso ao Morro do Canto Bravo ou Morro do Capocu, uma pequena baía formada por pedras de alturas variadas, com diversas opções para saltos.

Praia do Engenho

Situada entre as praias de Barra do Una e a praia da Juréia, tem seu acesso através de uma estrada de terra. De pequena extensão e uma larga faixa de areia com características que variam de branca a cinza e de fofa a compacta, fazem desta praia um excelente local para caminhadas.

O seu nome surgiu em função de ter existido na região um antigo engenho, mas hoje é muito freqüentada por veranistas e moradores, já que o local é constituído por grandes casas a beira mar que formam condomínios e apenas um hotel com restaurante que atende aos turistas.

Praia da Jureia

Praia da Jureia é sem dúvida, uma relíquia da natureza, uma praia de areia branquinha e águas límpidas, em que é possível observar a preservação da Mata Atlântica e com a presença de diversas casas de veraneio faz o lugar parecer ainda mais agradável.

É possível avistar da praia as ilhas Montão e Trigo e Alcatrazes em seu horizonte de águas azuis. No canto norte da Praia é possível observar também diversos tipos de aves na época da imigração, que ficam em um lago de águas escuras perto da praia.

Praia Preta

Seu nome vem da cor da areia que é acinzentada e compacta. De pequena extensão ela se subdivide em três praias, sendo distinguidas por números. No seu mar calmo e de águas cristalinas deságua um pequeno riacho, que junto com sua vegetação dão um toque selvagem a esta pequena praia. Dela podemos avistar em frente um pequena ilhota denominada de As Ilhas. Seu acesso é feito pela rodovia através de uma pequena entrada, porém o carro deve ser estacionado na beira da rodovia. Não possui nenhuma infra-estrutura, portanto recomenda-se que o visitante leve sua comida e bebida

Praia da Boraceia

Faz a divisa dos municípios de São Sebastião e Bertioga. Praia de areia escura e compacta, muito extensa, de mar aberto, calmo e transparente. Boraceia reserva ainda grandes surpresas, como as praias encobertas pelo morro da Ponta da Boraceia, completamente selvagens, e a Reserva Indígena do Rio Silveiras, onde estão estabelecidas tribos de índios Guaranis. Eles vendem seu artesanato na beira da Rodovia, mas o acesso à Reserva é proibido. Também conhecida pela pesca de arrastão.

Praia de Boissucanga

A praia de Boissucanga é um pequeno paraíso às margens da rodovia Rio-Santos, 35 km ao sul do centro de São Sebastião. Você pode chegar de Ônibus vindo de SP (Litorânea) ou carro.

É uma vila que ainda mantém intocadas áreas de mata atlântica original, uma maravilhosa praia e cachoeiras incríveis (ribeirão do meio).

Existe a maior parte dos serviços: banco, hospital, correio, hotéis, pousadas e restaurantes para todos os gostos. Os pescadores trabalham com suas redes e barcos na entrada do rio, no canto esquerdo da praia, onde é possível comprar peixe fresco diretamente com os pescadores ou em qualquer das peixarias ali existentes.